Crítica | Livro | O Alienista



O que falar de Machado de Assis? amado por muitos, visto como "chato" por outros, é certamente um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos, um dos principais responsáveis pelas letras brasileiras serem reconhecidas no mundo todo.


Muitos consideram que a escrita de Machado de Assis é difícil de se ler; isso não é verdade, pelo menos não em O Alienista. Este é um livro complexo, mas muito tranquilo de se ler.


O Alienista é complexo no sentido de a história ser repleta de significados. A leitura flui facilmente, é um livro rápido, curto e divertido sobre um certo aspecto. Porém, ao compreender as mensagens que o livro passa, ele se torna complexo, profundo.


Conta a história do Dr. Simão Bacamarte um médico brasileiro bastante conceituado na Europa, amante da ciência, que resolve se estabelecer em Itaguaí, no interior do Rio de Janeiro. Machado de Assis faz uma crítica bastante fiel e satírica a sociedade do século XIX e aí começa a profundidade da obra.


É mais que um livro muito bem escrito. Elaborado em um momento social de muitas revoltas populares no Brasil, que vieram a resultar na proclamação da República e, também, na época em que surge a psiquiatria moderna, Machado de Assis transcreve esse período, de forma extremamente irônica.


Um livro fácil de se ler, apesar de muitos acharem o contrario em relação à obra machadiana, e que vale muito a pena ser lido.

Postar um comentário

0 Comentários